segunda-feira, 27 de maio de 2013

Seja como uma barata!


Seja como uma barata
Pois mesmo se o mundo acabar
Ela ainda existirá.

Estrelas (III)


Vejam só o quanto as estrelas são egoístas
Depois que o viu comigo as admirando
Resolveram que só irão demonstrar sua beleza com a sua presença.

Primeira e cadente


Dizem para quando vermos uma estrela cadente fazermos um pedido
E que também deve-se fazer o mesmo para a primeira que vermos no céu
Foi o que eu sempre fiz
E essa noite vi uma, era a primeira e era cadente
Um pedido duplo?
Não sei, mas a questão é que não fiz nenhum
Por quê?
Será que já tenho tudo?
Que estou completamente feliz e satisfeita?
Será que quero tantas coisas que não sei qual deve vir primeiro?
Ou será que a estrela estava tão encantadora que me fez perder os sentidos?

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Felicidades?


Novamente ele vem se aproximando
Dessa vez um pouco mais desejado
Mas ainda com receio.

Estrelas (II)


Não que as estrelas não são mais as mesmas
É que elas também sentem a sua falta.

- Quieto coração! Pois o amor é traiçoeiro e pode te enganar facilmente.

Memórias que não se vão


Fico aqui pensando em você
Sonhando...
Lembrando do gosto dos teus lábios 
E do poder que você tem de me enlouquecer
Enquanto você está distante 
E nem ao menos deve se lembrar daquele acontecer.