segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Smallville



I really love Smallville!

Mais um sonho (I)



Mais uma vez o meu ser inspira de saudade de você
Recebe no meu coração a esperança de te encontrar
Lágrimas já rolaram em minha face
Amo você demais e o desejo loucamente
Como queria estar em seus braços
Ontem sonhei que te amava
E o gosto desse amor
Permanece em meu interior
E em todo meu ser.


Você em mim


O maior dos prazeres sinto quando estou ao seu lado,
minhas alegrias vem através de você.
Os meus sorrisos só aparecem quando lembro de você
Os meus olhos brilham quando digo a mim e a você o quanto te amo
As minhas palavras tomam rumo, quando digo-as em seu ouvido
As minhas mãos enchem-se de ternura, quando toco em você.

Vida e ódio




O ódio me consome?
Talvez!
Mas também é ele que me dá forças
para continuar vivendo.


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Quem é o inimigo?


Engraçado!
Não consigo entender o ser humano.




Essas imagens devem ser uma catástrofe, horrível, algo muito ruim.
Já que, o homem a destrói.











E essas devem ser um paraíso, lindas, a oitava maravilha do mundo.
Já que, o homem a faz.

ONDE ESTÁ O ERRO?
QUEM É O CULPADO?




quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Belos tempos



Já tive em, belos tempos
Alguns sonhos de crianças
Já pendurei nas estrelas
Minha verde esperança
Que já não tenho mais.





Vida




Ter vida é sentir o cheiro bom da natureza
É saber e perceber a falta
Vida é sinônimo de alegria
É ter palavras prontas e saber dizê-las bem
É querer ajudar
Amar e morrer por um alguém
Só viver aquele que percebe o sol
Que vibra com a beleza da lua
Que se desprende de si mesmo
E consegue ouvir e entender o amor.


domingo, 23 de outubro de 2011

SHOW DO MINISTRO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS ("Merece todo destaque")




Essa merece ser lida, afinal não é todo dia que um brasileiro dá um esculacho educadíssimo nos americanos!

Durante debate em uma universidade, nos Estados Unidos,o ex-governador do DF, ex-ministro da educação e atual senador CRISTÓVAM BUARQUE, foi questionado
sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia.

O jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um Humanista e não de um brasileiro.

Esta foi a resposta do Sr.Cristóvam Buarque:

"De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso.

"Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o mais que tem importância para a humanidade.

"Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro.O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia
para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou
diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço."

"Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser
internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país.
Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.

"Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França.
Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de um proprietário
ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês,decidiu enterrar com ele, um quadro de
um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado.

"Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York,
como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos Manhattan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.

"Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas
mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.

"Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do Mundo tenha possibilidade de COMER e de ir à escola.
Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro.

"Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo.
Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia
seja nossa. Só nossa!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011




"Se o mundo está de cabeça para baixo. Qual o problema?
Vire uma lagartixa!"




"Pessoas magoam as outras, sem consciência de seus atos, mas mesmo assim se julgam sábias."



"Humildade é a mais preciosa das virtudes, pena é que poucas pessoas a possuem."



"Pessoas que só vencem na vida, quando perdem, perde muito mais do que o óbvio."

Não importa o tempo que passe




Quanto tempo já passou
E eu aqui, ainda apaixonada por você
Será que algum dia vou conseguir te esquecer?

Você vive fugindo de mim
Já me esqueceu faz tempo
E eu não sei mais o que fazer.

Te quero tanto
Meu coração dói, parece que vai saltar pela boca
Minhas pernas ficam bambas
Minha cabeça parece que vai entrar em colapso
Só por te ver.

Teu sorriso me faz delirar
Tua voz é mais bela que o canto dos deuses
Teus olhos são oásis
Ter você só para mim seria trazer toda minha felicidade de volta.

Se...




Ah! Se eu fosse sereia...
E se soubesse cantar
Te encantaria
E te levaria para o fundo do mar.

E no fundo de um abismo
Te mostraria o que é ser homem
Te amaria de um modo
Que não se importaria se ali fosse o seu fim
Pois aquele momento ficaria marcado em teu ser
Por toda a eternidade.

Mas infelizmente não sou sereia
E vi o mar apenas uma vez
Estou longe dele e de ti.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Você




Você já não faz tanta diferença
Faz tanto tempo
Tudo mudou.

Aquele que eu me apaixonei
Não existe mais
Foi substituído por outro
Que você diz ser mais evoluído.

Também mudei,
Mas ainda amo alguém
Que foi soterrado pelo sofrimento
E sem chances de sobrevivimento.

Desespero de um coração




Meu coração grita por você
Como se você fizesse mais falta do que o sangue,
que ele precisa para continuar batendo
para continuar vivendo.

A dor da ausência




Noite quente
E eu sozinha
Meu coração bate tão forte
A saudade é muita
Saudade do tempo que você me amava.

A solidão é um sentimento triste
Querer amar alguém
E esse alguém não querer receber este amor
É ainda pior.

Todas as noites tornam-se um velório
Velo a agonia de não te ter
E a dor de saber
Que você está repousando
Nos braços de outro alguém.

Amanhece o dia
E meu coração está apertado
Gostaria de sepultar este amor
Que está pressionando meu peito
Todas as tentativas de expulsar este sentimento falharam
E aos poucos ele me consome
Até chegar o momento em que ele me sepultará.

Desafio




Encare como um jogo
Onde eu te desafio
A vasculhar suas atitudes,
Encontrar o que há de errado
E tentar consertar
Não é uma tarefa fácil de fazer
Mas é possível de realizar
O que vai adiantar?
Este será o exercício de fixação para o final
O desafio está lançado
E o cronômetro já está rodando.

Você é quem decide



Tudo tem obstáculos
Temos que lutar
E quem tiver forças
Para aturar um novo dia
Sairá vencedor!

Ódio, maior prova de amor



O amor perguntou ao ódio:
Por que me odeia tanto?
O ódio respondeu:
Simplesmente porque sem você eu não existo.

Mistério



Nas entrelinhas dos meus versos simples
Há algo que ninguém consegue ver
Há muito mais do que se pode ler.